Acompanhe as últimas notícias e dicas sobre o mundo do marketing digital e empreendedorismo.

Quanto devo pagar por um bom website?

Orçamento de website é sempre algo difícil para quem não sabe interpretar os termos técnicos. Então, partiremos de uma analogia simples para explicar como são feitos bons websites.

19/09/2017 10:40
Quanto devo pagar por um bom website?
Primeiramente, é bom entender, qual  o real objetivo desse website, se fossemos comparar com um carro, qual o tipo de carro que é necessário para o seu uso? O que realmente é importante? Assim como um carro, um site pode partir do básico, como o mais completo do topo de linha da marca, então, o que difere são os opcionais, já que em termos de programação, todos eles são feitos para receber fluxo de pessoas, visitantes e de forma intuitiva ser fácil de utilizar. 

Então, vamos lá, escolhemos os tipos de sites e valores que se deve pagar por um site:

1. “Quero um sitezinho, simplezinho, só para ter ali meus contatos, um ou outro produtinho, serviço e tal“
Bom, se esse for o objetivo um site pode sim ser simplezinho, mas ele continua dependendo de uma boa programação e uma qualidade de desenvolvimento para ser indexável e localizável pelo Google, também, não se deve deixar de exigir o painel de administração de conteúdo que é onde você vai publicar o conteúdo do seu site e alterar as informações da empresa, produtos e serviços. O que deve conter um site desses:

A Empresa: Página institucional que fala da empresa, sua história, etc. 

Produtos ou Serviços, o que a empresa vende, e que tipo de serviço que presta.

Clientes:  Alguns não gostam de publicar os clientes, mas pode ser clientes, ou porrifólio de serviços já realizados por exemplo. 

Galeria de Fotos e Vídeos:  Fotos na galeria de site e uma galeria de vídeos integrada com o Youtube (assim você não gastará mais com hospedagem e espaço para “guardar” esses vídeos). 

Contato: Um espaço onde a pessoa pode fazer o contato e ali ter informações de telefone, e-mail, Whatsapp entre outras opções.

Redes Sociais: Botões e links para suas redes sociais. Não se esqueça de exigir o botão de atalho para o cliente fazer contato pelo Whatsapp. 

Quanto deve custar um site: Considerando um design simples, assim como de um carro popular, deve pagar na faixa de R$ 1.000,00 a R$ 1.500,00, não mais que isso. Isso porque desenvolver um website desses não desprende de muitas horas técnicas. Recomendamos site grátis? Não! Porque pode mais simples que possa ser, esse site deve ser feito por um web designer que conhece de intuitividade e navegação. 

IMPORTANTE: Não recomendamos sites grátis por uma infinidade de limitações, como por exemplo domínio próprio e o fato de não ser indexável pelo Google. Caso procure uma alternativa barata e eficaz, recomendamos o Site Speedy  que atende os critérios técnicos para ser localizável pelo Google além da versão responsiva que abre com tela adaptativa para smatphones e tablets (fator crucial para o Google validar seu website) e que tem um preço fixo de R$ 599. 



2. "Quero um sitezinho simples, mas quero que a pessoa possa enviar o currículo pelo site, e quero colocar o mapa dos meus representantes, ou das minhas filiais. "
É a mesma coisa que você chegar à concessionária e falar assim: Eu quero um carro básico, mas preciso de um porta-malas grande, que seja um carro alto e eu possa rebocar uma carretinha para o meu barco. 

Assim, esses itens serão adicionados ao orçamento, e são incluídos baseados em horas técnicas. Se inserir esses módulos demorar algo em torno de 10 horas técnicas, e a hora técnica custa R$ 100,00, pegue o orçamento inicial e inclua mais R$ 1.000,00. Assim,  você terá um site que custa entre R$ 2.000,00 e 3.000,00. Mas claro, que se esse carro é mais pesado, ele precisa de um motor mais forte, freios melhores. Nesses casos,  você tem uma outra variável de preço que é a hospedagem desse site. Que também varia entre R$ 20 por mês a R$ 80 por mês. Mas depende muito também de quanto esse site será usado. 


3. "Eu preciso de um site, muito bem elaborado, com integração com meu CRM e também meu sistema de gestão (ERP), também quero realizar funções como agendamentos, orçamentos e pedidos online."

Quando a necessidade do cliente é essa, o processo é diferente. Primeiramente é realizado um pré-projeto, e estimado o número de horas que serão utilizadas para desenvolvimento de layout, programação, integração, curadoria de conteúdo e claro, o período de testes. Projetos nesse formato exigem mais tempo para desenvolvimento bem como mais tecnologias. Pelo motivo de depender de um pré-projeto o valor pode variar muito, por isso é importante uma conversa bem detalhada com todos que estarão envolvidos no uso e no desenvolvimento do website. 

Assim, dessa forma é fácil analisar o quanto você vai gastar em um site. Quando ele é carregado de design, efeitos, transições de páginas mirabolantes, é a mesma coisa que você adquirir um carro de luxo, vai pagar por isso, mas como sempre recomendamos. Analise o que é importante ter nesse site, que imagem você quer passar para o cliente, e dessa forma vai chegar ao valor que você pode e precisa investir. 

Considere o investimento em design algo muito importante, mas se você vende, por exemplo, algo técnico como “peças para motor de barco”, o layout não precisa ser tão elaborado como se você  vendesse  barcos, lanchas e jet sky, que precisa ser algo aspiracional, que desperte desejo. 

Se você é profissional da saúde, você precisa de um site com um bom design com descritivo sobre suas competências, entre outras informações que são relevantes para o paciente ou cliente. 

Se você é mecânico, e trabalha com carros convencionais, não coloque o design como o site da Mercedes ou da BMW, a não ser que você trabalhe apenas com veículos dessa linha, pois se você não trabalha com essa linha de carros e quem precisa do serviço para arrumar um Sandero, ou um Gol, ou qualquer outro carro mais comum, pode achar que o seu serviço é muito caro e especializado, e você pode perder o cliente. 


Se você tem uma empresa de distribuição e seu site é usado por representantes, você precisa investir em uma galeria de produtos, com funções de escolhas de produtos, carrinho de reserva e automatização de pedidos pelo site. 

Assim, você precisa investir no que é preciso, e não perder o foco do objetivo do site, se não você vai investir mais que o necessário e ainda corre o risco de fazer algo muito elaborado quando na verdade isso só vai confundir o seu público-alvo. 

Quer saber mais? entre em contato!

WhatsApp: 45 98804-6213 
Amexcom.45 3038-4073

OUTRAS NOTÍCIAS

Descubra como a marca PDV365 atingiu um ROI - Retorno de Investimento digital de 250% em um mês!Descubra como a marca PDV365 atingiu um ROI - Retorno de Investimento digital de 250% em um mês!

Para cada R$ 1 investido, R$ 2,50 foram gerados em resultado em menos de um mês.

Continuar lendo
6 dicas para conquistar mais fãs e seguidores nas redes sociais6 dicas para conquistar mais fãs e seguidores nas redes sociais

Não é de hoje que as redes sociais se tornaram a “menina dos olhos” de muitos negócios e uma boa estratégia é saber  utilizar  essas ferramentas ao seu favor.

Continuar lendo
A revitalização que Cascavel precisavaA revitalização que Cascavel precisava

O Shopping West Side está passando por um processo de revitalização completo e, sem dúvida, já é a opção de entretenimento que Cascavel precisava.

Continuar lendo